Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Q, V. do Condutor Profissional
Q, V. do Condutor Profissional

 

QUALIDADE DE VIDA DOS CONDUTORES PROFISSIONAIS

Qualidade de vida é um termo já muito popularizado e um dos objetivos pela busca da qualidade de vida é a fuga do stress.  Um dos grandes problemas dos centros urbanos, apontados como um dos responsáveis pelo stress da população é o trânsito.

Atenta às dificuldades dos motoristas profissionais em cuidar de sua saúde e a pressão que eles sofrem por ter que entregar suas mercadorias ou cumprir itinerário dentro de prazos curtíssimos pode acarretar doenças e até mesmo acidentes graves, provocados pela falta de uma boa noite de sono, alimentação inadequada e a falta de exercícios.

Há muitas empresas preocupadas com os problemas enfrentados pelos seus motoristas profissionais e que estão agindo efetivamente para melhorá-los.  Mas não são todas.  É preciso que as pequenas empresas tomem cuidado para não focar seu crescimento no aumento da produtividade a qualquer custo.  Aumentá-la sim, mas tendo em vista o bem-estar dos principais responsáveis por ela, os motoristas profissionais.

Creio que discutir mais esses problemas ajudaria a melhorar a qualidade de vida destes trabalhadores, lembrados somente quando atrapalham o trânsito ou quando suas reivindicações paralisam o abastecimento das indústrias e dos supermercados.  O Brasil depende muito destes motoristas.  Há necessidade de maior atenção e regulamentação da atividade dos caminhoneiros para melhorar a qualidade de vida dos mesmos.

Penso que uma saída para esse problema é que as empresas se preocupem mais em promover saúde, bem-estar e qualidade de vida para eles. Entender o estilo de vida desses motoristas, identificar suas doenças mais frequentes, riscos à saúde a que estão sujeitos, possíveis relações com acidentes em rodovias e fornecer informações sobre prevenção de doenças.

http://www.blogdotransito.com.br/?p=289

 

/////////////////////////////////////

 

PROJETO DE Q. V. PARA MOTORISTAS DE ÔNIBUS URBANO.

Lilian de Fatima Zanoni - Terapeuta Ocupacional pela Universidade de Sorocaba. Especialista em Gestão de Qualidade de Vida na Empresa pela UNICAMP

APRESENTAÇÃO = Esta proposta faz parte de uma pesquisa promovida pela

Fundação MAPFRE no ano de 2006/2007. A empresa em que será desenvolvido o projeto é uma operadora do transporte urbano municipal. Neste projeto alcançaremos especificamente os motoristas desta empresa, que totalizam trezentos e noventa e nove.

OBJETIVOS = Mudar hábitos e comportamentos (nutrição equilibrada, cuidados com a coluna e estímulo à prática de exercício físico regular), aumentando a conscientização e criando ambientes de suporte às práticas sugeridas.  Serão discutidos neste projeto aspectos da saúde física e emocional, como: saúde preventiva, estresse, condições fisiológicas coletivas, cuidados com ambiente saudável, sedentarismo.

JUSTIFICATIVA = Pesquisas mostram que as atividades ligadas ao setor de transporte rodoviário são de elevado risco à saúde física e mental do trabalhador. Waldvogel (1999), ao analisar as mortes por acidentes de trabalho no Estado de São Paulo, constatou que dentre as mortes provenientes de acidentes de trabalho em via pública, aproximadamente 30,2% correspondem à categoria de condutores de automóveis, ônibus e caminhões.

A significativa participação desse setor nas mortes aponta para urgentes compromissos na criação de condições de trabalho e saúde para esse profissional.

As situações geradoras de incômodo e sofrimento não são poucas e exigem desses profissionais esforços que, muitas vezes, vão além dos seus limites: a responsabilidade pela segurança de pedestres e usuários, longas jornadas de trabalho, ruídos e vibração, condições ergonômicas inadequadas, além da violência urbana que exige um estado de vigília permanente e estressante.

Como o trabalho é rigidamente planejado (trajeto, horários, normas de conduta, etc.) e fiscalizado pelas empresas, poder público e usuários, o poder de interferência dos trabalhadores nas situações geradoras de incômodo e sofrimento é restrito e, em alguns casos, inexistente.

Os riscos que advêm do local de trabalho podem ser avaliados segundo seus principais agentes: ruído, calor, ventilação e aspectos ergonômicos. Esses fatores agem diretamente sobre a saúde física e mental do motorista que, em conjunto com outros fatores de natureza exógena (congestionamentos, hábitos comportamentais e violência), potencializam os acidentes de trânsito, de trajeto e as doenças ocupacionais.

FORMAS DE AVALIAÇÃO = Algumas formas de avaliação foram utilizadas para que se pudesse caracterizar a área a ser trabalhada; a partir da apli139 cação e tabulação dos dados obtidos, puderam-se estabelecer as prioridades.

Cento e dois (102) motoristas foram avaliados nesta etapa (25,56% do total da empresa).

Questionário de ergonomia = Este questionário aliou as condições físicas dos trabalhadores, de forma que a partir dele é possível avaliar se os funcionários possuem referência de dor em Membros Superiores, e em que grau de gravidade pode estar essa referência de dor. Avaliou-se ainda o estilo de vida no que diz respeito ao uso de cigarro e nível de atividade física.

Através deste instrumento avaliamos também, a opinião dos trabalhadores em relação às situações de trabalho causadoras de fadiga ou stress, e coletamos sugestões para melhoria das mesmas. Por fim, este questionário avaliou quais projetos e programas os trabalhadores desejam para a empresa.

Indicador de Qualidade de vida = O instrumento WHOQOL BREF = Este instrumento foi escolhido para este projeto por ser reconhecido internacionalmente e por ter a prioridade de avaliar quais aspectos, entre os citados acima, precisavam ser repensados entre a categoria de motoristas da empresa em questão.

Análise de posto de trabalho = A análise de posto de trabalho foi realizada in loco (no posto de trabalho - no trajeto das linhas). A escolha das linhas para avaliação foi sugerida pela empresa, priorizando os problemas apresentados.

Análise Postural = REBA (Rapid Entire Body Assessment) é um método de avaliação postural que foi utilizado para avaliar a postura dos motoristas no posto de trabalho.

APRESENTAÇÃO DAS PRÁTICAS DE INTERVENÇÃO = Avaliamos quais programas o público interessado gostaria que tivesse na empresa.  Nesta questão, cada pessoa poderia responder mais de um item. As preferências dos colaboradores classificam-se da seguinte forma: 62% relatam desejo por programas que envolvam atividade física; 39% desejam projetos que atendam o item gerenciamento de stress; 30% relatam precisar de grupo de autoajuda para depressão. 27% citam projetos para cuidados com a coluna, 13% desejam o item controle de peso, 11% citam planejamento financeiro e programa para educação dos filhos e 6% citam programas de alimentação saudável.

A partir dos resultados obtidos, juntamente com o resultado das avaliações aplicadas, definiu-se as ações da primeira fase do projeto: Cinesioterapia Laboral, Orientação Postural, Programa Coluna Saudável, Atendimento Grupal de Prevenção e Promoção da

Saúde Mental e Orientação Nutricional.

Cinesioterapia Laboral - Os objetivos da Cinesioterapia Laboral são: melhorar a postura durante o trabalho, promover o bem-estar geral, diminuir o stress, melhora da coordenação e a atenção, diminuição da fadiga e, consequentemente, diminuir o absenteísmo e acidentes de trabalho.

Orientação Postural - Serão realizados grupos de orientação postural ao dirigir, de acordo com a melhor organização para a empresa (grupos ou palestras). Programa-se também que sejam realizadas orientações individuais nos postos de trabalho (nos ônibus).

Projeto Coluna Saudável - O Programa Coluna Saudável é um programa de atendimento preventivo focado na saúde da coluna atuando na diminuição das dores e na educação para o gerenciamento das tensões musculares.

Atendimento Grupal de Prevenção e Promoção da Saúde Mental - Especificamente, este grupo estará voltado para a Atenção à Saúde Mental: aos trabalhadores que possam estar vivenciando períodos ligados ao estresse, por questões diversas, não necessariamente ligadas ao trabalho, mas que como consequência pode refletir neste. Tem como objetivo a oferta de suporte emocional, promoção da autoestima e o estabelecimento de relações saudáveis consigo mesmo e em seu ambiente familiar e de trabalho.

Orientação Nutricional / Alimentação Saudável - Percebeu-se no decorrer das análises de posto de trabalho dificuldades e falhas na questão da alimentação; consequência dos turnos de trabalho e da ausência de orientação com relação à alimentação saudável; os motoristas acumulam hábitos alimentares não considerados saudáveis, que precisam ser melhorados. Para isso propõe-se a realização de orientações para alimentação saudável em grupo, bem como promover encontros com familiares para que possamos estender essas informações, gerando melhoria nos hábitos alimentares e baixo custo com alimentação.

REFERÊNCIAS

ANDRADE, C. SEMINÁRIO - ERGONOMIA E QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE TRANSPORTE -

COLETÂNIA DE TEXTOS TÉCNICOS - SEST/SENAT; SETEMBRO/2001.

CANDEIAS, N. M. F. CONCEITOS DE EDUCAÇÃO E DE PROMOÇÃO EM SAÚDE: MUDANÇAS INDIVIDUAIS E MUDANÇAS ORGANIZACIONAIS. REV. SAÚDE PÚBLICA., SÃO PAULO, V. 31, N. 2, 1997.

SANTOS, JR. E; MENDES, R. ESTUDO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E SAÚDE DE MOTORISTAS DE ÔNIBUS URBANOS DE BELO HORIZONTE – MG – REVISTA BRASILEIRA DE SAÚDE OCUPACIONAL; 25 P.131-42, 1999.

SATO. L. ABORDAGEM PSICOSSOCIAL DO TRABALHO PENOSO: ESTUDO DE CASO DE MOTORISTAS DE ÔNIBUS URBANOS -

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO. SÃO PAULO: PONTIFICA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO; 1991.

GONÇALVES, A  VILARTA , R. QUALIDADE DE VIDA E ATIVIDADE FÍSICA : EXPLORANDO TEORIA E PRÁTICA, BARUERI, ED. MANOLE; 2004

VILARTA, R.; CARVALHO, T. H. P. F. DE; GONÇALVES, A.; GUTIERREZ, G. L. (ORGS.). QUALIDADE DE VIDA E FADIGA INSTITUCIONAL. 1. ED. CAMPINAS: IPES EDITORIAL, 2006.

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

 

Translate this Page
VOTE AQUI
Redução da Jornada de Trabalho p/ 40 Hrs/Semana
SIM= Sem Redução Salarial
SIM= Com Redução Salarial
NÃO
NÃO SEI RESPONDER
TENHO DÚVIDAS
SOU NEUTRO
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (404 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...