Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Como Ser Passageiro
Como Ser Passageiro

FICANDO PRA TRÁS NO PONTO DE ÔNIBUS

Perdendo O Buzão

São muito comuns as queixas por parte de usuários do Transporte Público concernente a que ‘O Motorista Não Parou no Ponto de Ônibus’. Certamente que algumas reclamações são válidas, pois há em todas as partes do serviço secular, os bons e os maus profissionais. No entanto, observa-se que na maioria dos casos, quase que em sua totalidade, os reclamantes é que estavam equivocados enquanto que o profissional do volante agiu concordemente!

Antes de mais detalhes temos de observar a questão de Direitos, Deveres e Obrigações de ambas às partes, ou seja, dos passageiros e do Profissional.

É lógico que essa ‘questão’ é muito abrangente e que não nos é possível adentrar em seus pormenores, e assim sendo, vou procurar ser conciso, me direcionando apenas aos pontos principais.

- O usuário do Transporte Público (Passageiro), “Tem A ‘OBRIGAÇÃO’ de Sinalizar Antecipadamente Sua Intenção”, seja a de Embarcar no Coletivo ou Desembarcar dele...

- O Condutor Profissional (Motorista), “Tem O ‘DEVER’ de Atender a Essa Solicitação”, ou seja, ele tem de parar o veículo “no Devido Lugar” (Ponto de Ônibus) para que o solicitante (passageiro) Embarque ou Desembarque...

- O Motorista “Tem O ‘DIREITO’ de Não Parar Caso Não Tenha Recebido Nenhuma Solicitação ANTECIPADAMENTE, e/ou Se For Para Garantir A Segurança Física dos Usuários e terceiros,ou Patrimonial de Toda Espécie”...

Complicou?... Eu Explico!... Vamos aos Detalhes:

Mas antes vamos combinar uma coisa: “Vou Colocar Você no Cenário”! Você Será “O Passageiro”, assim fica mais fácil a compreensão do relato... Ok?

É necessário que você que está dentro do veículo (Buzão) acione a ‘campainha’ ou ‘cigarra’ (como é conhecida em alguns lugares), ANTECIPADAMENTE; Bem ANTES de se aproximar (demais) do local (Ponto de Ônibus) onde você  pretende desembarcar. Caso a campainha não esteja funcionando adequadamente, ou caso você esteja impossibilitado de aciona-la por algum motivo, você deverá solicitar diretamente ao motorista que pare pra você no próximo ponto. Você ainda tem a opção de solicitar ao ‘cobrador’ que lhe faça o favor de acionar a campainha ou pedir-lhe que informe ao condutor que você  tem a intenção ou necessidade de desembarcar no próximo ponto. Ainda há uma 3ª opção que é pedir a algum passageiro que lhe faça o favor de acionar a campainha ou informar ao motorista que pare no próximo ponto, pois você  pretende desce. Feito isso, o condutor profissional irá tomar todas as medidas necessárias para efetuar a manobra de parada com destreza, cuidado e segurança.

Se você simplesmente ficar em pé dentro do ônibus, ou simplesmente levantar-se e dirigir-se á porta esperando que o motorista “lhe pergunte” se você pretende descer ‘ali’, ou esperando que ele “adivinhe sua intenção”, ou achando que ele “é vidente e lê pensamentos”, com certeza você irá acabar se estressando e terá uma longa caminhada de volta, pois o motorista não irá parar ‘naquele’ Ponto de Ônibus. Entenda que Não Faz parte da OBRIGAÇÃO do Motorista lhe dirigir a palavra perguntando se você está em pé pois pretende desembarcar naquele local!  O mesmo se dará se você acionar a campainha quando o motorista já estiver muito “em cima” do Ponto de ônibus. “O mesmo se dará também se quando já estiver muito ‘em cima” do Ponto de ônibus e você disser ao motorista algo assim:

_”Eu Vou Descer Aqui”, ou “Eu Quero Descer Aqui”!

Por Que ele não irá atender sua solicitação imediatamente? Porque parar aquele veículo significa reduzir drasticamente e imediatamente sua velocidade, além de dar uma ‘guinada’ rápida pra direita em direção ao Ponto de Ônibus, e isso pode incorrer em um acidente gravíssimo, envolvendo os demais passageiros que estão dentro do veículo, bem como os que estão do lado de fora na Pista de Rolamento, e principalmente quem vem (‘colado’)atrás do veículo, e poderá incorrer em acidente até mesmo com quem está no Passeio (Calçada), etc. Além disso, dependendo da velocidade que ele está desenvolvendo, uma parada significaria parar muitos e muitos metros á frente, muito além do “Ponto Permitido”. Numa situação dessas provavelmente toda a ‘culpa’ recairá sobre o ‘Profissional’ (que não pode errar!).

No caso de você estar  em um Ponto de Ônibus, a situação é equivalente! É necessário que você ‘indique ou informe’ ANTECIPADAMENTE ao motorista que você  pretende embarcar ‘naquele veículo’, e para isso faz-se necessário que você sinalize esticando o braço. Neste ponto quero salientar que esse ato de estender o braço, não significa simplesmente estende-lo e imediatamente recolhe-lo, baixa-lo. Olhe para o motorista e VEJA se ele se apercebeu de que você está sinalizando, solicitando sua parada pra embarque. Por que eu digo isso? Por que pode acontecer de exatamente naquele instante em que você sinalizou, foi justamente o momento em que “O Motorista Não Viu”, pois estava observando algo ao seu redor como, por exemplo, o Painel de Instrumentos, Alguma Ocorrência ‘estranha’ dentro do veículo, um cuidado especial devido a um buraco, valeta, lombada ou algo assim, ou pode ter se distraído com algum veículo que está ao seu lado tentando ultrapassa-lo, etc etc etc. E se isso ocorrer, “pode acontecer” que ao se aproximar do Ponto de Ônibus ele deduza que ‘ninguém ali’ (ou você, se for a única pessoa no local) pretende embarcar no veículo que ele está conduzindo, e com isso ele acaba indo embora, deixando você(s) no Ponto e “P” da Vida!

Perdendo O Buzão- Sonhando  Outra Coisa Que Ocorre: Você Não Só NÃO Sinaliza Antecipadamente, Como Não Sinaliza de Maneira Alguma, ou Então, Sinaliza Sim, Porém, Apenas Quando O Veículo (Ônibus) Já Esta Muito Próximo. Dependendo da velocidade que o condutor esta desenvolvendo (permitida para aquele local), ele não poderá parar, e se tentar parar isso só se dará a uma distância muito longa, alem do que se ele tentar parar, poderá colocar em risco a integridade física de outros ou poderá incorrer em causar um acidente. Diante dessa situação, normalmente o condutor opitará por seguir viagem normalmente, e novamente você ficará no pra trás, no Ponto de Ônibus, “P” da vida pois você não se deu conta de que Não Sinalisou Antecipadamente ou o fez ‘em cima da hora’. E normalmente, você nem se deu por conta de que SUA CONDUTA poderia ter provocado um acidente, pois você está pensando em SI e Não Nas Demais Pessoas!

Sobre isso tudo ainda há um outro detalhe: Naquele Ponto de ônibus onde você está, normalmente passam diversos outros coletivos, com destinos diferentes e/ou de empresas diferentes. O condutor avalia a situação em que você Não Sinaliza, como sendo sua opção de Não Embarcar Naquele Veículo e Sim em OUTRO que ainda virá! Entendeu? Digamos por exemplo que naquele Ponto passem apenas 5 coletivos, sendo:  Um com destino ao Bairro A, outro com destino ao Bairro B,  outro com destino a uma outra cidade,  um outro com destino a uma fábrica (Empresa) e outro de Turismo (Excursão). Digamos que voc|ê pretenda embarcar no ônibus que o levará ao Bairro B. Quando o veículo se aproxima, você Não Sinaliza e aguarda que ele se aproxime pra que então você sinalize ou então você está aguardando que simplesmente o motorista adivinhe que você pretende ‘pegar aquele ônibus’. Diante disso, o motorista segue viagem normalmente, deixando-o no Ponto pois você Não Sinalizou (Antecipadamente) Sua Intenção, pois PROVAVELMENTE (Deduz O Motorista), VOCÊ PRETENDE EMBARCAR NOS QUE VEM ATRÁS, ou seja, você irá ‘apanhar’ aquele que vai pra outra cidade, ou aquele que o levará a uma empresa (pra trabalhar), ou então você está saindo em uma excursão!

O MOTORISTA NÃO ESTA DEIXANDO DE CUMPRIR COM SEU DEVER! ELE ESTÁ SIMPLESMENTE EXERCENDO SEU DIREITO, POIS VOCÊ MEU AMIGO (a) NÃO CUMPRIU COM SUA OBRIGAÇÃO!

Se você foi INJUSTAMENTE deixado para trás em um Ponto de ônibus, anote o número do prefixo do veículo e o horário, e ligue o quanto antes para a empresa prestadora do serviço pra se queixar e fazer a denúncia. (Normalmente o Núm. Do Telefone da Empr. Está Registrado no Ônibus). Mas se ao Ser Deixado Para Trás no Ponto de Ônibus, você Se Aperceber de que VOCÊ FOI O PRÓPRIO CULPADO, conforme mencionado acima; então Seja Justo e Coerente, e Tome as Devidas Medidas e Precauções Para Não Mais Incorrer em Algo Assim.

OBS.: Não Estou Abordando Aqui Outros Detalhes Que Envolvem Situações Adversas e/ou Especiais, doa Quais Todos Os Condutores Profissionais Estão Cientes. São Por Ex.: Portadores de Restrição de Mobilidade como Usuários de Cadeiras de Roda, Deficientes Visuais, Idosos com Visão Deficitária, Crianças, Gestantes, Pessoas com Crianças de Cólo, Pessoas com as Mãos Abarrotadas de Sacolas de Mercado ou com Mala de Viagem e que portanto devem desconhecer Itinerários, etc etc etc. Doravante estarei abordando estes detalhes. Ok?

Tenha Uma Boa Viagem... Que DEUS Lhe Acompanhe... E Obrigado Por Estar Aqui.

Um Abraço.

= = = = = = = = = = = = = = = 0 = = = = = = = = = = = = = = =

Translate this Page
VOTE AQUI
Redução da Jornada de Trabalho p/ 40 Hrs/Semana
SIM= Sem Redução Salarial
SIM= Com Redução Salarial
NÃO
NÃO SEI RESPONDER
TENHO DÚVIDAS
SOU NEUTRO
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (404 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...